12.6.14

Resenha: A culpa é das estrelas (filme)


 Opinião Pessoal 
O cinema inteiro em soluços, eram risos e choros em todos os momentos. Poucas vezes me emocionei tanto com um filme quanto “A Culpa é das Estrelas”. Eu não li o livro (infelizmente), mas se as palavras escritas traduzirem as mesmas emoções que tive com o olhos, já está entre os meus “preferidos” (Se não “O” favorito). Dica: Mulherada de plantão, NÃO passem rímel, por favor, caso contrário, saíram igual a um panda do cinema (risos)!


 Sinopse
"Diagnosticada com câncer, Hazel Grace Lancaster se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, a jovem é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio e logo conhece Augustus Waters, um rapaz que vai mudar completamente a sua vida".




 Direção e Elenco
O filme é uma adaptação do livro escrito pelo escritor norte americano John Green e dirigido por Josh Boone tendo como a cidade escolhida “Pittsburgh” (Pensilvânia).
Elenco: Shailene Woodley; Ansel Elgort; Nat Wolff; Laura Dern; Sam Trammell; Willem Dafoe; Lotte Verbeek; Mike Birbiglia 
Direção: Josh Boone 
Gênero: Romance
Duração: 126 min.
Distribuidora: Fox Films
Classificação: 12 Anos

A belíssima atriz Shailene Woodley foi a escolhida pra viver a encantadora Hazel. Ela conta que para dar vida a personagem teve que emagrecer, além de sofrer uma fortíssima transformação em seu visual. O casalzinho queridinho do momento (Ansel Elgort + Shailene  Woodley) não conteve as emoções e se disfarçaram com perucas para conferir direto nos cinemas as reações das pessoas (É muito amor pela profissão, Não acha?).


 Amor a vida
O filme serve de experiência para muitas pessoas que tem o “dom” de reclamar de tudo. É muito claro o amor dos personagens pela vida, aproveita-la ao máximo enquanto ainda se pode achar. Hazel representa a estabilidade, a convicção e a aceitação dos fatos. Mantem os pés no chão, é equilibrada a ponto de não se revoltar com a vida por causa de suas limitações. Eis então que do outro lado da ponte (metáfora) está o sonhador Augustus Waters. Ele aproveita a vida ao máximo não deixando que as dificuldades sobressaia sua alegria interior. Consegue compreender que eles representam as duas faces da moeda: O equilíbrio x emoção; A realidade x sonhos; A aceitação dos fatos x revolta; A timidez x extroversão. Um completa o outro, a ponto de se tornarem “Perfeitos” juntos.


 O.k. – Para Sempre
O “para sempre” é finito ou infinito? É finito enquanto dure uma vida ou infinito além do que nossos olhos e mente pode enxergar? É um dos assuntos abordados pelo casal. Augustus acredita num além “desta vida”, afinal nossa existência tem que ser justificada de alguma maneira. Hazel com seus fortes e sábios pés no chão, acredita que o finito é a morte (personagem em duvida). Mais o encantador do filme, não está nas divergências de opiniões, mais sim, nas mudanças de opiniões que acontecem durante o decorrer da trama. Você pode não concordar comigo, mas o clímax do filme está na simplicidade das cenas, como as mensagens puras de celulares. O.k...
Fotos divulgação da Web.


4 comentários:

  1. É simplesmente perfeito, aqui ainda não está nos cinemas :/ droga

    beijos
    Bruna Vogue ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna vale muito a pena viu. Assim que sair corre que não vai se arrepender ^^
      Obrigada pela visita heheh

      Excluir
  2. Fernanda Thiezerini17 junho, 2014

    Há quanto tempo não passo por aqui?
    Ta uma graxiinha!!!
    E esse filme não me escapa!
    Partiu chorar litros!!
    Beijão Kazita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é vivo sempre aparece hein, sumida.. Aparece mais vezes, some não hehehe.

      Ó vai ver, sério mesmo! É lindooooooo, e não passa rímel que vc vai chorrar litros, Leu o livro?

      Obrigada pelo elogio <3 bju saudadess

      Excluir

* Primeiramente muito obrigada pela visita.
* Volte sempre que puder, ficarei muito feliz.
* Seja educado (a), comentários ofensivos não serão aceitos.
* Críticas construtivas, sugestões e elogios são bem vindos.
* Se pegar alguma coisa, credite sempre.

Página Anterior Próxima Página Home
Copyright © Blog da Ka |
Design by Karina Karoline | Tecnologia do Blogger
    Twitter Facebook Google + YouTube